quarta-feira, 21 de outubro de 2009

O Caráter da Fé


O grão de mostarda é a mais pequena de todas as sementes que há, mas quando desenvolvida transforma-se na maior de todas as hortaliças, dando origem a uma grande árvore.
Nós, seres humanos temos um "entendimento" quanto ao tamanho: o menor deve ser ignorado, por dar a impressão de fragilidade!

Jesus traçando um paralelo entre o grão de mostarda e a fé nos mostra humanamente que, por menor que seja a fé é poderosa para realizar grandes feitos.

“Se tiveres fé do tamanho de um grão de mostrada direis a esta amoreira desarraiga-te daqui e planta-te no mar, e ela vos obedeceria”.(Mt.17:06)

Em outras versões, a bíblia termina dizendo: “...e nada vos será impossível”.

Quando analiso a questão de tamanho de fé, penso eu que Jesus colocou desta maneira para um melhor entendimento humano, pois entendo através da palavra a qual nos afirma que Deus não vê como vê o homem.

Esta comparação entre fé e grão de mostarda, chega a ser paradoxal quando Jesus diz a Pedro: “homem de pouca fé” (Mt.14:31). Ele não quis qualificar a fé de Pedro; compreendo que na verdade não é o tamanho e sim a intensidade desta fé. Pedro com sua pouca ou pequena fé, ousou a dar um grande passo sobre o mar, porém não cultivou durante o vento.

Acho que toda árvore vem de uma semente, mas o grão de mostrada sobressai por sua capacidade, por seu desenvolvimento com a chuva, sol, vento, tempestades... meios importantes e necessários que exigem perseverança e resistência.
Esta comparação para mim nada mais é que um paralelo de caráter intensivo.

“Ora sem fé é impossível agradar a Deus” Hb.11:6

Este versículo deixa claro que não há qualificação quanto ao tamanho de fé que agrada a Deus, no entanto, acredito em Cristo que o importante é o caráter de sua fé.

5 comentários:

Inspiração disse...

Compreendo que quando o Senhor alude a fé a um grão de mostarda, o propósito deste contexto é sobretudo didático, ou seja, é uma metáfora; uma forma de materializar (didaticamente) o abstrato, potencializando o sentimento. Porém, o Criador de todas as coisas, incentiva o ser humano a trazer para o mundo real, desejos boms produtos de fé. Em síntese, a realidade consoante a vida amplifica-se.

Caminho Estreito disse...

Para Deus não importa se é fé "grande ou pequena", até porque para Ele a idéia de grandeza (medida) vai além da nossa imaginação.
Compreendi o que quer dizer com o carater da fé e isto foi muito ilucidativo. Um abraço

Dany disse...

Também não acredito em fé grande ou pequena. "Acredito" em fé.

Aurelio - Eu sou felho de DEUS disse...

Graça e Paz do Senhor!

ESTOU SEGUINDO SEU BLOG. ELE É UMA BENÇÃO.

UNISBE - União de seguidores de blogs evangélicos informa


Começou a campanha: Seguir e ser seguido!
O objetivo é que cada blog participante alcance 100 novos seguidores para si.
Siga o meu blog!

Titulo do blog: Eu Sou o Mensageiro!
Endereço: http://aureliomcgomes.blogspot.com/

Você vai ter 100 novos seguidores no seu blog em um mês.

Obs.: Copie esse comentário, coloque nele o titulo e o endereço do seu blog no lugar do meu, e envie-o para seus amigos!

E SE VOCÊ JÁ É UM SEGUIDOR, MUITO OBRIGADO PELO CARINHO, CONTINUE VISITANDO E DEIXANDO SEU RECADINHO E SUGESTÕES.

Conto com você. Seja um seguidor, deixe seu COMENTARIO. Sei que posso contar com seu apoio!Link: http://aureliomcgomes.blogspot.com/ ESTOU SEGUINDO O SEU BLOG.

OBRIGADO PELA ATENÇÃO AS PALAVRAS DESTE HUMILDE SERVO DO DEUS ALTÍSSIMO!

Simone disse...

Concordo com você que quando diz que Pedro com sua pouca ou pequena fé, ousou a dar um grande passo sobre o mar, porém não cultivou durante o vento. A fé que dizemos ter,deve ser crescente e não temporal.

Postar um comentário

Você estará edificando vidas com o seu comentário.
Deus seja contigo. Obrigada

 
BlogBlogs.Com.Br