segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Respeitando e Amando

Os animais dividem conosco o privilégio de terem uma alma, já dizia Pythagoras . Eu tenho um bicho de estimação (na foto), uma gata siamesa, tenho aprendido muito com ela. E é interessante por que são chamados por nós (“seres racionais”) de “animais irracionais”. Talvez esta idéia de irracionalismo, deva-se ao fato deles não aprenderem o nosso egoísmo, desenvolverem um pensamento estúpido e sarcástico como os que temos. Às vezes quando demoro à chegar em casa tenho algumas surpresas boas e ruins com ela. A minha bichana está rouca e/ou a casa bastante vomitada. Minhas vizinhas sempre fazem observações quando chego: “A tua filha chorou o tempo todo”. Talvez agora você deva estar pensando que eu demorei dias! Não, estou falando de sair pela manhã e voltar a noite. Pois quando vamos viajar ela vai conosco e se não pudermos levá-la, não vamos ou então um de nós dois fica (sou casada), o que muitos acham um absurdo, já que seus animais são tratados como se não tivessem sentimentos e não lhes devessem respeito algum. Quanto à surpresa boa, é que mesmo rouca e/ou chorosa ela vem até a porta e me recebe com alegria. Então fica me dando aquelas cabeçadas de gato na perna até que eu a pegue no colo e lhe dê uns apertos, e logo ela passa a me dar umas lambidas com aquele ronronar peculiar dos gatos felizes. Não há raiva por eu a ter deixado em casa, não há mágoas e nem faz o tipo: “você vai ver...”.

Albert Schweitzer que ganhou o Nobel da Paz em 1952 disse a seguinte frase: “Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seu semelhante".

1 comentários:

simone disse...

Há uma frase do filósofo Confúcio que diz assim:"Todos os homens são iguais por natureza,são os seus hábitos que os separam".
Sua idéia de organização da sociedade buscava também recuperar os valores antigos, perdidos pelos homens atuais. para que cada um cumprisse com seu dever de forma correta. Já o condicionamento dos hábitos serviria para e evitar os excessos. pregava a criação sim, de uma sociedade capaz, culturalmente instruída e disposta ao bem estar comum.

Postar um comentário

Você estará edificando vidas com o seu comentário.
Deus seja contigo. Obrigada

 
BlogBlogs.Com.Br